Close

Proposta quer agilizar emissão de passaportes italianos

Depois do longo processo para conseguir a dupla cidadania, outro problema que os descendentes de italianos enfrentam é a dificuldade na emissão do passaporte vermelho. Atualmente, no Espírito Santo, o prazo médio para confecção ou renovação do passaporte está em torno de um ano. A fim de diminuir esse tempo de espera, o candidato a deputado nas Eleições Italianas 2018, Thiago Roldi, está promovendo uma ação para melhorar o atendimento do serviço consular no Estado.

Atualmente funciona assim: a cada 60 dias, o Consulado da Itália no Rio de Janeiro envia um funcionário com o equipamento oficial que emite os passaportes para fazer um mutirão em Vitória durante um dia. Depois, ele só volta daí a dois meses e a demanda vai acumulando. A proposta de Roldi é solicitar ao Consulado do RJ que esse mutirão seja feito todo mês, durante uma semana inteira. Assim, muito mais senhas serão atendidas e, pelo volume atual da demanda, a fila tende a zerar num prazo de seis meses.

“É uma proposta simples e viável. Temos a convicção de que essa alternativa reduzirá a demanda desse documento, e vai não só diminuir a fila de espera, mas também ajudar àqueles que não têm condições de se deslocar até o Consulado do Rio de Janeiro para emitir o passaporte”, destacou o candidato.

Além de enviar a carta ao Consulado Geral do Rio de Janeiro e à Embaixada Italiana, Roldi completa que irá reforçar o pedido através da bancada federal do Espírito Santo, junto aos deputados e senadores, esperando que a comunidade italiana no Espírito Santo possa ser atendida para regularizar em curto prazo a documentação que lhe dá o direito de livre acesso ao país europeu.

Assim que houver algum retorno dos órgãos consulares, o candidato irá compartilhar a notícia com a comunidade italiana através das suas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *